Energia solar com 2N3055

| | ,

Interessante matéria em PDF de como usar um ou mais transistor 2N3055 pifado mas com uma das junções boas (não em curto) para gerar energia a partir da luz solar.
, Energia solar com 2N3055
Ponto de partida para projetos escolares, feira de ciências ou até para carregar o celular no meio do mato rsrsrsssss

http://www.sbfisica.org.br/rbef/pdf/040608.pdf

Receba nossas notícias de eletrônica em seu e-mail. Cadastre seu e-mail no formulário abaixo para receber

O que achou deste artigo?

Clique em uma estrela para avaliá-lo!

Classificação média 3.8 / 5. Total de votos 4

Sem votos até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou este post útil...

Compartilhe nas redes sociais!

Lamentamos que este post não foi útil para você!

Ajude-nos a melhorar este post!

Conte-nos como podemos melhorar este post?

Previous

O integrado C.MOS 4017 e suas aplicações

Modulo de potência BOSCH QA 200 (100 watts (4×25))

Next

17 comentários em “Energia solar com 2N3055”

  1. Olá Toni, tudo bem?
    Para usar um 2N3055 num LM317, é só colocar a saída do LM na base do 2N3055?
    Não é necessário nenhum resistor no emissor?
    Já tenho uma fonte ajustável de 1,25 à 30V/1,5A, mas quero aumentar para 3A, pra isso quero usar 2N3055.

    Responder
  2. o jose vc tem certesa q vc entende disso por que vc nao consegue rsponde der nenhuma pergunta e fica falando q nao entendeu eu cho q vc postou uma coisa q nao foi vc q descobriu por isso nao sabe nada com nada

    Responder
    • Olá joserios
      Creio que essa proposta seria para fins educativos e pequenos circuitos, como o Rums propôs o de um carregador de celular de emergência solar! Já para alimentar os eletrônicos de uma casa, creio que seja mais vantajoso utilizar placa industrializadas!

      Responder
  3. Eu também trabalho com eletrônica e já fiz esse teste,mas gostaria de saber quantos transistores seria suficiente para sustentar uma simples casa,também quero montar o controlador de energia tem como me mandar o esquema?

    Responder

Deixe um comentário