Estrobo de leds com 555 e transistor BC547

| | , ,

Venho por meio deste post para ajudar a todos, fiz um circuito de estrobo utilizando o circuito integrado 555, o circuito também pode ser feito com transistores NPN BC547, BC548 ou BC549. Também fiz um circuito para leds rítmicos utilizando o transistor NPN TIP31.

O 555 é um circuito integrado que pode ser utilizado como temporizador ou como oscilador, o nome 555 foi dado ao circuito integrado porque internamente existem 3 resistores de 5KΩ que fazem parte do circuito de referência do circuito integrado.

Receba nossos artigos gratuitamente no seu Email
Acompanhe Toni Eletrônica nas redes sociais

555

Descrição dos pinos do 555

Pino 1 – GND

Pino 2 – Disparo, quando o pino 2 recebe uma tensão menor que 2/3 da tensão de alimentação o circuito entra em operação, nesta situação o pino 3 (saida) recebe tensão com valor igual ao Vcc (pino 8) e corrente máxima de 200mA.

Pino 3 – Saida, tensão igual ao VCC e corrente máxima 200mA.

Pino 4 – Reset e utilizado para interromper o ciclo de temporizacao caso ocorra algum tipo de emergência, se o reset não for empregado, este pino deve ser ligado ao VCC.

Pino 5 – Referência, neste pino e possível acessar o sistema de referência do 555, caso isto não seja efetuado, deve-se ligar um capacitor em relação ao GND de valor superior ou igual a 1nF, para filtro.

Pino 6 – Threshold, neste pino é conectado o capacitor do tempo CT, através deste pino o circuito integrado verifica se o capacitor ja atingiu 63% da carga total.

Pino 7 – Descarga, este pino tem a função de descarregar o circuito integrado antes de iniciar um novo ciclo de temporização.

O circuito está elaborado como um oscilador que pode ser usado como estrobo, o tempo entre o led ligar ou desligar depende da resistência e da capacitância.

O modo oscilador do 555 é realizado através do disparo contínuo do circuito do temporizador através da conexão do pino 2 ao pino 6, local onde estará conectado o capacitor CT, neste circuito também há um resistor entre os pinos 7 e 6 do circuito integrado chamado de RA, este resistor é responsável pela diferença dos tempos ligado e desligado do oscilador, quando não é necessário tempos diferentes, o usual é a utilização de um resistor com valor acima de 100Ω.

O resistor do tempo chamado no circuito de RB é responsável pelo tempo da oscilação, a especificação do circuito é dada em função das equações, o oscilador não possui pino de disparo, iniciando a oscilação no instante em que a alimentação é conectada. A Figura abaixo ilustra o circuito do oscilador com 555..

circuito oscilador

 Cálculo dos componentes conforme tempo

A especificação do circuito é dada em função das equações.

  • CT = (T1 + T2) / 5
  • CT em uF
  • RB = T2 / (0,693 x CT)
  • RB em MΩ
  • RA = RB –[T1 / (0,693 x CT)]
  • RA em MΩ

Ex: Considerando T1 = T2 = 0,4 segundos.

  • CT = (0,4 + 0,4) / 5 = 0,16 uF, usar 0,1uF
  • RB = 0,4 / (0,693 x 0,1) = 5,77 MΩ usar 5M7
  • RA = 5,77 –[0,4 / (0,693 x 0,1)] = 0 neste caso, como os tempos são iguais, RA assume o valor qualquer acima de 100Ω, como exemplo RA= 1KΩ.

Fiz o o teste do estrobo no protoboard, para regulagem do tempo pode ser empregado um potenciômetro (PT) acima de 10KΩ antes do resistor RA. como no circuito abaixo;

circuito oscilador regulavel Circuito estrobo com CI 555, teste.

NE555   Para visualizar o vídeo do teste clique aqui.

 Estrobo à transistor

O circuito abaixo é um oscilador utilizando transistores NPN, o mais comum BC548.Astable com transistores NPN

Os resistores R2 e R3 e os capacitores C1 e C2 são os componentes que determinam o tempo do estrobo, quanto maior for a resistência e a capacitância maior é o tempo para o led piscar, e vice-versa. Os resistores R1 e R4 são utilizados para dar queda de tensão para o led. O TR1 e TR2 são transistores NPN onde pode ser utilizado o BC547, BC548 ou BC549, no caso de utilizar mais de 3 leds poder ser usado o transistor TIP31.  Os capacitores devem ser despolarizados, ou seja, não devem ter um pino positivo e um negativo, no caso de querer usar capacitor em microfarad (uF) de maior valor pode ser usado dois capacitores eletrolíticos polarizados e juntar os negativos dos 2 capacitores e o positivo de cada capacitor são os terminais para conectar no circuito.

O que achou deste artigo?

Clique em uma estrela para avaliá-lo!

Classificação média / 5. Total de votos

Sem votos até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou este post útil...

Compartilhe nas redes sociais!

Lamentamos que este post não foi útil para você!

Ajude-nos a melhorar este post!

Conte-nos como podemos melhorar este post?

Anterior

Criar um Pen Drive BOOTÁVEL – Rápido e Fácil!

Leds Rítmicos utilizando transistores NPN

Próximo
Comente via Facebook

4 comentários em “Estrobo de leds com 555 e transistor BC547”

  1. Olá Cristian!
    Obrigado pelo seu interesse em nos ajudar.Gostei do seu projeto.
    No momento montei este aqui:
    http://i194.photobucket.com/albums/z182/soschip/2007-08-12_080839.jpg
    Funcionou perfeitamente , mas o problema é que queria que les ficassem ritimicos também!
    Sou leigo em eletrõnica e pouco que sei aprendi qdo cursava engenharia civil,disciplina de intalações eletricas…rs.Seria possível adaptar esse esquema para piscar também ao ritmo da musica?
    Desde já agradeço por sua colaboração! Valeu!!!!!

    Responder
    • Olá Gilberto na verdade não dá para adaptar, pois este circuito é somente estrobo, se quiser um led ritmico(pisca conforme a musica) usa este circuito http://www.te1.com.br/2013/02/leds-ritmicos/#axzz2WGNhB3Se

      Responder

Deixe um comentário