Circuito amplificador automotivo classe B 4×40 W usando TDA8571J

44
11336

Avalie este artigo
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5,00 - 1 votos)

  • Um pouco sobre o TDA8571J

O circuito integrado TDA8571J, é um amplificador classe B de alta potência desenvolvido pela NXP para aplicações automotivas. Em 12 volts a uma impedância de 4 ohms, pode oferecer 4×40 Watts. Com poucos componentes externos, é uma ótima escolha para amplificadores de alta potência compactos. Além disso, o CI oferece várias outras qualidades tais como:

• Baixa tensão de saída compensada
• ganho fixo
• Boa rejeição ondulação
• proteção de despejo de carga
• Curto-circuito de segurança para a terra e para VP
• Baixa dissipação de potência em qualquer condição de curto-circuito
• termicamente protegido
• inversão de polaridade segura
• proteção contra descarga eletrostática

  • Sobre o circuito

Receba nossas notícias de eletrônica em seu e-mail. Cadastre seu e-mail no formulário abaixo para receber

O TDA8571J pode ser alimentado por bateria 12 Volts sendo ideal para aplicações automotivas ou até mesmo em amplificadores para computadores sendo capaz de oferecer até no máximo 4×40 Watts a uma voltagem de +/- 16 volts. O CI é protegido de várias maneira mas para que proteção seja mais eficiente, foram acrescentados ao circuito, um diodo na entrada e fusível. Quando ocorrer uma inversão de polaridade ou até mesmo o curto-circuito, o fusível abrirá impedindo a passagem de corrente.NUNCA USAR A PLACA SEM FUSÍVEL. CON1 é utilizado para colocar o amplificador em dois modos: standy-by com consumo de corrente de 100µA e modo de operação (ativo). Para colocar o amplificador em modo de operação (ligado), basta fechar os contatos do CON1 entre o positivo e o pino mode. CON2 é utilizado para a entrada de alimentação do circuito. A voltagem mínima e máxima de operação são, respectivamente de 6 e 18 volts DC.

  • Esquemático

TDA8571 esquemático 595x358 Circuito amplificador automotivo classe B  4x40 W usando TDA8571J tda8571j tda8571 tda pc Automotivo Áudio

COMPONENTE VALOR DESCRIÇÃO QTDE
CON6 * Conector KK 2,5 mm 7 vias 1
CON2 – CON7 * Terminal Borne 2 parafusos 5
CON1 * Barra Modu 2,54 mm 1
C2 100nF Capacitor poliéster ou cerâmico 50V 1
R1 10k Resistor 1/4 W 1
D1 1N4004 Diodo retificador 1
C1 4700µF Capacitor eletrolítico 25 V 1
C3, C4, C5, C6 470nF Capacitor poliéster 100 V 4
F1 8A Fusível 250 V 1
IC1 TDA8571J CI amplificador 1

 

CLIQUE PARA FAZER DOWNLOAD DOS ARQUIVOS Circuito amplificador automotivo classe B  4x40 W usando TDA8571J tda8571j tda8571 tda pc Automotivo Áudio

Comentar via Facebook

44 COMENTÁRIOS

  1. Comentário:Olá Toni e ao Pessoal!,Montei o Amplificador e Ficou Excelente tanto em Potencia e Fidelidade de Audio!,estou alimentando ele com 18V e 1,5A por enquanto,as caixas são duas de Loja e duas que eu mesmo Construi.Muito bom este Amplificador!!!,Valeu,Obrigado a Todos!!!

  2. Ola Flávio! Obrigado por este belo post! E obrigado Toni por tua iniciativa! Então… Caíu aqui em minhas mãos um TDA8588 e na falta do que fazer me inspirei em monta-lo com um pré-amps de 5 canais e 2 chaveamentos em BRIDGE para fazer duas saídas potentes, 4 saídas equivalentes e ainda ter a opçao de fazer um som stereo 2.1. Enfim.. gostaria de saber se o meu TDA é adequado ou teria que fazer algum ajuste especifico? Agora se der certo e gostarem da minha idéia eu posso compilar esse projeto com as modificaçoes necessárias.

  3. Flavio, segui o esquema da imagem , a diferença foi que não utilizei o Diodo e utilizei placa perfurada, mas revisei o circuito e estava tudo ligado, o resultado foi muito ruido, o falante pulando e a saida do celular usada em teste queimada. Pode me dar alguma solução?

  4. Olá Flávio, fiz toda a ligação semelhante a como está na imagem, usei uma placa perfurada seguindo as trilhas com solda e fazendo o caminho, o único componente que não coloquei foi o Diodo, resultado: a saída de fone do celular usado pra teste queimou, e não tivesucesso no circuito, o falante ficava chiando sem sair som algum, e depois pulando com um zumbido forte, conferi tudo e estava ligado certo aparentemente, o que pode ter acontecido de errado? usei uma fonte “estabilizada” 12v (14v no multímetro) 10A.

  5. Oi Flávio, curti esse amplificador.
    Eu estava querendo montar um amplificador só por diversão, será minha primeira montagem!
    Não tenho experiência em montagens e não disponho de muito dinheiro (também não usarei ele no carro). Escolhi seu projeto pois parece simples, e um ótimo custo X benefício (além disso outros amplificadores precisão de fontes específicas, que acredito que na maioria das vezes o técnico tem que construí-las somente para o amplificador, fiz um orçamento aqui, além do trabalho sairia o olho da cara).
    Minhas dúvidas são: Esses 4 x 40W é RMS? Posso ligar na saída um auto-falante 35W RMS de 4 ohms, qual é o alto-falante ideal para se ligar na saída?
    Eu estava querendo usar a fonte do meu notebook, ela fornece 19V e 4.74A, precisarei fazer um regulador de tensão para fornecer 12V? Será que fornecendo essa amperagem reduzindo pra 12V aguenta 2 alto-falantes de 35W? ( pois 12V x 4.75A = 57W) ou só vai dar problema se aumentar o volume no máximo? (Pergunto isso, pois não tenho experiência com amplificadores).
    Obrigado pelo circuito e sucesso para você. Ficaria muito grato se pudesse me tirar essas dúvidas.

    • Pois bem Natanael. Esse amplificador oferece de pico 4x40W mas não é sempre. Pode sim usar auto-falantes de 35W. A sua fonte de notebook é muito potente (tensão alta) para alimentar o circuito. Ele só aceita até no máximo 16V. Se você usar alguma fonte que suporte a potência do amplificador e que tenha 12V, pode sim usar sem risco de aumentar o volume.

  6. Minha duvida é o seguinte: para montar um sistema stereo, onde tenho um player que sai dois canais (L/R) e eu  quero utilizar todas as quatro entradas do amplificador, separando as 4 entradas em dois pares, ligados em paralelo, para assim poder ser ligado no player. É possível? No caso ligaria o IN 1 e 2 no L; e o IN 3 e 4 no R…

    • Olá davi spiess lobe. Não há como já que ele foi feito para quatro saídas. A não ser que você coloque todas entradas com o mesmo sinal de entrada. Daí todas sairão com a mesma saída. 

  7. Ola Flavio,
    Se a duvida é muito gritante queira me desculpar,sou novato em eletronica, mas pergunto: Esse projeto é só ligar na bateria do carro e na saida do radio do carro?
    Se não, como fazer?
    Valeu!!

    • Olá Miguel. Basta montar a placa, colocar um dissipador de calor no TDA, e ligar uma bateria de carro. Não ligar diretamente na saída amplificada do rádio. Ligar apenas na saída não amplificada.

  8. Olá Flávio, tudo certo? Você teria esse projeto para vender (placa e componentes)? Estou buscando um amplificador para poder ligar no PC ou módulo MP3 player, este projeto atende a minha necessidade? Achei estranho que no esquemático informa 4 entradas de áudio. Poderia informar mais detalhes do projeto? Teria alguma alternativa de fonte de alimentação (adaptar uma fonte de PC ou de notebook)? Desculpe o bombardeio de perguntas… hehehe Obrigado. 

    • Olá Francisco. Não disponho da placa pronta pra montar nesse exato momento mas se fizer uma encomenda, eu posso sim fazer a placa. Esse amplificador é quádruplo sendo mais recomendado para ser utilizado em carro mas se adéqua a sua necessidade. A placa tem quatro entrada pois a mesma contém quatro saídas. O projeto pode ser sim ligado numa fonte de PC e de notebook desde que esteja entre os ranges de voltagem de seis a doze volts.

      • Blz, encomendando a confecção da placa, quanto ficaria? Ainda tenho algumas dúvidas… tenho uma noção básica em eletrônica, então não repare se eu falar alguma bobagem (hehehe). Já que esse amplificador tem 4 canais de entrada e saída, é possível montar um sistema mono, mas de qualidade, dividindo as frequências através de um crossover? Outra opção, é possível separar as 4 entradas em dois pares, e ligar cada par em paralelo com cada canal (R/L) do player que eu utilizar, para assim poder utilizar as 4 saídas do amplificador? Lembrando que minha intenção é montar um som caseiro, ambiente, para curtir de leve… nada pesado. Obrigado.

      • Olá Francisco. Não disponho da placa montada ainda pra venda. Preciso ver quando sairá o preço de venda ainda. Quando ao crossover, pode sim usar desse jeito. Só não entendi o final do comentário. O que quis dizer com isso: “dividindo as frequências através de um crossover? Outra opção, é possível separar as 4 entradas em dois pares, e ligar cada par em paralelo com cada canal (R/L) do player que eu utilizar, para assim poder utilizar as 4 saídas do amplificador” ??

      • Flávio, minha ideia seria utilizar um crossover de 4 canais para separar as frequências (ex: sub, grave, médio e agudo), para depois entrar no amplificador e as saídas para caixa para cada respectivo falante, montando um sistema mono. É possível? A outra situação seria, para montar um sistema stereo (sem crossover), onde tenho um player que sai dois canais (L/R) e eu  quero utilizar todas as quatro entradas do amplificador, separando as 4 entradas em dois pares, ligados em paralelo, para assim poder ser ligado no player. É possível? Obrigado.

  9. O circuito para 12 volt e bom, apesar que não só fam de TDA, prefiro mesmo e montar amplificadores usando os STK DA SANYO , na minha opinião estes TDA jamais vão supera a família STK, mas tem lugar e necessidades para todos os tipos de CI em varias aplicações na eletrônica.

    • Não conheço os da SANYO, eu sei que amplificador Classe D muito bom é da International Rectifier, já tive a oportunidade de testar diversos itens, placas de demonstração e realmente impressiona pelo tamanho reduzido da placa e a potência que ele pode dissipar.
      Testei o IR4322, que consegue chegar a uma potência de até 200 W ( 100W por canal) sem a necessidade de disspador.Com dissipador a potência pode chegar até 300W, tudo isso num encapsulamento QFN de 7mmx7mm.

      IR4322:http://ec.irf.com/v6/en/US/adirect/ir?cmd=catSearchFrame&domSendTo=byID&domProductQueryName=IR4322M

    • Olá JUNGER. De fato, os amplificadores usando STK apresentam qualidade sonora melhor do que os TDA’s. Isso se dá pela a forma que eles funcionam. São amplificadores híbridos onde operam a uma alta voltagem e baixa corrente. Por isso, nunca verá um STK operando como amplificador em som automotivo. Os TDA’s de hoje em dia, vem cada vez mais melhorando a sua qualidade sonora. Além disso, veem melhorando também a eficiência, mesmo sendo um classe B ou AB. Os STK (que hoje a patente pertencem a Sony), estão deixando de ser utilizados. Mesmo sendo da Sony, a própria está utilizando amplificadores classe D na saída.

    • Boa Tarde Toni , 

      Estou desenvolvendo um transmissor FM controlado por Microcontrolador PIC para um projeto semestral da faculdade.
      Gostaria de saber se você tem o interesse de eu publicar meu trabalho com todos os schematics, layout e código fonte do microcontrolador aberto para quem quiser utilizar ou modificar. 

      Aguardo sua resposta. 

      Atenciosamente, 

      Erik dos Santos 

      Estudante de Tecnologia em Sistemas Eletrônicos no Instituto Federal de São Paulo

  10. Olá a todos. Sejam felizes com mais um dos meus posts que acho que será de grande utilidade a todos. Qualquer dúvida, só perguntar que estarei de prontidão para responder. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here