Pilotando em um simulador de AEROMODELISMO

| | ,

Tudo vida é questão de prática, ainda mais se tratando de aeromodelismo. Mas antes, é preciso treinar no simulador.

Receba nossos artigos gratuitamente no seu Email
Acompanhe Toni Eletrônica nas redes sociais

Um aeromodelo elétrico pode ter seu custo bem reduzido, mas é frustrante voar e quebra-lo logo de cara por falta perícia ao pilotar. Claro, mesmos os aeromodelistas mais experientes podem sofrer algum susto ao desfrutar do seu hobby, seja por causa das condições climáticas, interferência de rádio, alguma falha na montagem. Porém, problemas podem ser evitados, se você é iniciante no hobby, nada mais justo do que treinar no simulador. Existem aos montes por aí:

RC Phoenix, Aerofly, Picasim, RC7, FMS…

Existem vários.

No simulador temos a vantagem de não sofrermos prejuízo com as quedas, ou medo de executar uma manobra mais arriscada. Mesmo assim, é importante lembrar que o correto é tentar voar da forma que você gostaria de treinar em campo, ter um plano de voo em mente.

Uma trajetória retangular é uma forma inicial mais tranquila de se executar, existem várias coisas a se tratar da técnica de voo, as quais serão explicadas em vídeos futuros.

Plano de voo
Plano de voo

Não se esqueçam de se inscrever no canal: https://goo.gl/5KPHrw

O que achou deste artigo?

Clique em uma estrela para avaliá-lo!

Classificação média / 5. Total de votos

Sem votos até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou este post útil...

Compartilhe nas redes sociais!

Lamentamos que este post não foi útil para você!

Ajude-nos a melhorar este post!

Conte-nos como podemos melhorar este post?

Anterior

#Minimus – Amplificador potência CI TDA7293 ou TDA7294 com fonte

Testando um servo motor

Próximo
Sobre Canal Almanaque

Canal Almanaque Oficial. Aqui você encontra videoaulas com experimentos, tutoriais, microcontroladores e tudo sobre o mundo da eletrônica.Se inscrevam para receber as notificações de novos vídeos!

Comente via Facebook

Deixe um comentário